Brasil, 
26 de setembro de 2022
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Mão-Pelada

O Mão-pelada, Procyon cancrivorous, ocorre na América Latina, vivendo de preferência, nas florestas perto dos lagos e dos rios. Também chamado de Urso-lavador, possui o hábito de lavar os alimentos antes de comê-los.

 

Mão-pelada

Foto: Terra da Gente, Ano 2, nº 19, novembro de 2005.

Mão Pelada               A família procyonidae é composta de 7 gêneros com 19 espécies, ocorrendo em quase todo o mundo. Porém, no Brasil só existem duas espécies, o Mão-pelada e o Quati. O Mão-pelada, Procyon cancrivorous, ocorre na América Latina, a leste da Costa Rica e Peru, até o Uruguai. Vivem, de preferência, nas florestas perto dos lagos e dos rios. Apresentando atividades predominantemente noturnas, sendo um bom escalador e nadador. São animais alegres, bonitos e ágeis. Conseguem pular de árvore em árvore com grande precisão.

O Mão-pelada têm um focinho longo, olhos e orelhas grandes e, uma máscara ao redor dos olhos, sua principal característica, que o deixa com a imagem de um animal malandro e engraçado. Com um visual muito diferente, têm na cauda listras em formas de anéis pretos e uma pelagem farta, com coloração acinzentada, quase negra, algumas vezes com tons castanhos ou vermelhos. Apresenta comprimento de 60 a 100 cm, com 30cm de altura e peso de até 12 kg. As patas têm cinco dedos longos, com pelagem bastante curta, o que o levou a ser chamado de mão-pelada.

Também chamado de Guaxinim, Urso-lavador ou Mascarado, é um animal carnívoro de médio porte e um grande predador de aves, inclusive das domésticas, sendo perseguido pelos fazendeiros por este motivo. Costumam caminhar no solo normalmente com o focinho para baixo, sempre farejando. Possui o tato bem desenvolvido usando muito bem as mãos. O alimento geralmente é quebrado com as mãos e então levado a boca com o curioso hábito de mergulhar os alimentos na água antes de comê-los. É considerado onívoro, sendo sua dieta composta por: crustáceos (caranguejos e camarões), frutos, insetos e outros artrópodes, e, em pequena escala por aves, anfíbios e peixes.

Passa o dia em ocos e tocas, saindo à noite para se alimentar.A gestação dura de 60 a 63 dias, nascendo de 1 a 7 filhotes. A mãe abriga a prole no oco da árvore até que eles tenham de 7 a 9 semanas. A partir de então, passam a fazer pequenas saídas com a mãe, e após 12 semanas, abandonam o ninho.

A destruição do seu habitat natural tem levado o mão-pelada a se aproximar das cidades e rodovias, trazendo risco para sua sobrevivência. Em algumas regiões do Brasil já encontra-se ameaçado de extinção.

 

 

Ajude a preservar a natureza!

Denuncie o tráfico de animais! silvestres!

 

 

Este ECOpostal faz parte da parceria da ECOloja com Instituto Brasileiro para Medicina da Conservação – Tríade, a qual trabalha com epidemiologia e conservação da vida silvestre.

www.triade.org.br

 

ACESSE NOSSA PÁGINA DE DOWNLOAD!

por ECOloja

Newsletter
Digite seu e-mail: