Brasil, 
23 de fevereiro de 2024
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Ipê-Roxo-de-Bola

Essa árvore é muito usada no paisagismo por conta de seu lindo buquê roxo. Suas flores são ótimas para atrair aves e polinizadores em geral, o que traz mais vida para o ambiente.

 

Muito utilizada na arborização urbana e amplamente no paisagismo. Principalmente nas regiões do sudeste e centro-oeste brasileiro.

 

Quem nunca viu, mesmo que de longe a exuberância em destaque do Ipê-Roxo-de-Bola. Seja em cidades ou no campo, esta espécie nativa se destaca devido sua floração roxa intenso em meio ao verde. De madeira dura é amplamente utilizado em diversos setores madeireiros. Fundamental na recomposição em áreas de preservação permanentes, o Ipê-Roxo-de-Bola além de favorecer e estimular a fauna e flora local também é muito importante para a conservação de rios, lagoas, lagos e nascentes pois seu sistema radicular profundo estimula a absorção da água da chuva, evita o assoreamento dos rios contendo enxurradas. Apesar de estar presente em quase todo território nacional a espécie está ameaçada de extinção.

 

O Ipê-Roxo-de-Bola, Tabebuia impetiginosa, também é conhecido por Ipê-Roxo, Pau-D´arco-Roxo, Ipê-Roxo-de-Bola, Ipê-Una, Ipê-Preto, Pau-Cachorro, Ipê-de-Minas e Ipê-Roxo-Grande. Ocorre em quase todo país: Piauí, Ceará, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Espirito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul.

Curiosidade: A palavra Ipê é de origem Tupi e significa árvore cascuda, sua denominação por Pau D’arco se refere a sua utilização pelos índios na fabricação de arco e flecha.

As flores são numerosas e em forma de trombeta, de coloração rósea ou arroxeada e despontam em volumosas inflorescências dando o aspecto de bolas. A floração inicia-se no fim do inverno e no início da primavera. A frutificação posterior produz vagens de 25 cm verdes e lisas, que se abrem liberando as sementes aladas.

 

O Ipê-Roxo é uma ótima árvore ornamental para arborização urbana, de crescimento moderado a rápido, que não possui raízes agressivas. Pode torna-se inconveniente durante a queda das folhas ou flores, mas a beleza de sua floração compensa e atrai polinizadores, como beija-flores e abelhas, trazendo mais vida para o ambiente. Devido a sua altura, que pode chegar a 12m, não é indicada para plantio próximo a fiação elétrica.

 

Curiosidade:

A madeira do Ipê é muito utilizada nas construções, desde muitos séculos atrás. Sua flor além de exuberante é utilizada na culinária, pois ela é comestível. São consumidas as pétalas, depois de retirado o cálice em receitas de refogados, empanadas e saladas cruas.

No conhecimento popular tradicional, o chá de ipê-roxo serve para tratar inflamações, úlceras, infecções bacterianas e fúngicas. o uso medicinal do ipê se dá pela ingestão do chá da casca da árvore.

 

Saiba como plantar:

- Coloque as sementes em um saquinho com furos para a drenagem da água e com terra argilosa rica em matéria orgânica;

- As sementes devem ser cobertas com uma fina camada de terra;

- Regue 3 x na semana e mantenha o saquinho em local de meia sobra;

- Quando atingir a muda atingir 60 cm de altura pode ser transplantada para o local definitivo, preferencialmente em área de sol pleno.

O desenvolvimento das mudas é rápido, ficando prontas para o plantio no campo em menos de 4 meses. O desenvolvimento do Ipê-roxo-de-bola no campo também é rápido.

Newsletter
Digite seu e-mail: