Brasil, 
26 de setembro de 2022
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Alimentando com pão

Dar migalhas de pão aos animais é uma prática saudável? 29/mar/2015

          A prática pode parecer inofensiva, mas alimentar patos, pombos e outros animais com migalhas de pão não só prejudica a saúde do animal, como também pode colocar em risco todo o ecossistema onde eles vivem.

          Estudos afirmam que uma dieta rica em pão – especialmente se este for feito de farinha branca (como o pão francês) – pode deixar as aves doentes, diminuir seu tempo de vida e, em alguns casos, deformá-las.

          A população deve ficar atenta aos perigos desta prática tão antiga. Alimentos como o pão podem estimular a proliferação de bactérias e algas quando jogados em lagos e lagoas,  que por sua vez, podem envenenar outras espécies e também atrair animais invasores. 

          Na água o pão facilita a formação das chamadas algas de superfície. Esses organismos produzem nitratos e fosfatos, liberando toxinas que prejudicam os peixes e exalam mau cheiro. As algas também impedem que a luz do sol chegue a plantas subaquáticas. Também favorece o aumento na quantidade de fezes produzida pelas aves, potencializando esses mesmos efeitos.

          Richard Bennett, diretor de meio ambiente da entidade de proteção britânica Canal and River Trust, afirma que em rios a farinha branca/pão favorece a proliferação de uma alga filamentosa, que cresce de baixo para cima formando os chamados fios ou correntes, que desaceleram o curso dos rios e prejudicando ainda mais o meio ambiente.

          Quando jogados no chão de praças e terrenos, o pão em decomposição produz bactérias e atrai animais invasores, como ratos, cuja urina transmite leptospirose, doença que pode ser fatal em humanos. Molhada, a massa do pão também pode se tornar um ambiente propício para a proliferação do fungo aspergillus, que invade o pulmão das aves, causando sua morte.

          Os ambientalistas britânico querem alertar sobre os perigos da prática. Aves e outros animais em vida livre comem também insetos, vermes, grãos, frutos e sementes de árvores e plantas. Possuem uma função importante de controlar os insetos e replantar as sementes das plantas que comem.  Ofertando alimentos caseiros, as aves deixam de buscar na natureza alimentos adequados à sua dieta e a consequência é a interferência em sua saúde e na do meio ambiente.

         Ninguém parece estar propenso a desistir de uma prática tão popular, especialmente entre as crianças. Mas devemos ter consciência em o que ofertar para os animais e como fazer. Por exemplo, o pesquisador Bennett  informa que para impedir o acúmulo de pão em uma determinada área ou trecho de água, que as pessoas joguem o alimento em um determinado local e depois caminhem 50 metros para atirá-lo novamente. Segundo ele, a ação possibilita que mais de uma família de patos seja alimentada e reduz concentrações desnecessárias de algas, bactérias e fezes.

Newsletter
Digite seu e-mail: