Brasil, 
24 de julho de 2024
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Sacola Oxibiodegradável

Uma nova Análise de Ciclo de Vida coloca os plásticos oxibio da Symphony na frente. 29/05/2012.

          A Ecoloja® utiliza sacolas plásticas oxibiodegradáveis desde 2009 produzidas com d2w. A opção foi por considerar essas sacolas ecologicamente mais corretas do que as outras opções existentes no mercado. Sempre analisamos as opções plásticas e de papeis, avaliando o ciclo de vida da sua produção aos prováveis descartes.

         Essa semana recebemos a noticia de que a Intertek Group plc, líder e fornecedora de serviços de segurança e qualidade ambiental para indústrias e governos ao redor do mundo  apresentou os resultados de um estudo de Análise de Ciclo de Vida ( ACV ) elaborado para o Reino Unido.

         O estudo ACV comparou sacos plásticos produzidos com d2w da Symphony, sacos plásticos convencionais e sacos plásticos produzidos com matéria prima renovável. O estudo determina credenciais ambientais que colocam os plásticos d2w à frente dos outros tipos de plásticos. Essa analise considerou inclusive o descarte incorreto no meio ambiente. O estudo confirma a correta decisão do governo dos Emirados Árabes Unidos de tornar obrigatório o uso de plásticos oxibio em uma ampla gama de embalagens. Alguns motivos são:

•    O saco oxibiodegradável d2w é 75% melhor do que o saco plástico convencional na situação de abandono no meio ambiente.•    O saco plástico de origem renovável teve o pior desempenho em 10 das 11 categorias de impacto ambiental. O saco de base biológica é superior ao saco convencional em apenas uma categoria.

•    O relatório confirmou ainda que sacos de origem biológica emitem metano (um gás-estufa poderoso) no aterro sanitário, enquanto que os oxibiodegradáveis não emite;

•    Plástico de origem biológica, derivados de amido, não podem ser reciclados com o plástico convencional em um ciclo de resíduos mistos, pós-consumo, sem comprometer o processo de reciclagem. O oxibiodegradável d2w pode ser reciclado.

•    A inclusão de 50% de conteúdo reciclado reduz o impacto no aquecimento global dos sacos convencionais em 19%. No entanto, o conteúdo reciclado tem um efeito negativo sobre sete das categorias de impacto ambiental, principalmente devido ao transporte extra e a necessidade de tornarem-se mais espessos e mais pesados para a mesma função e resistência.

•    A melhor maneira de reduzir o impacto dos sacos de plástico é reutilizá-los mais vezes, minimizar o transporte necessário para a reciclagem, e torná-los oxibiodegradáveis. A ACV ressalta que os sacos são reutilizados muitas vezes e não devem ser descritos como de uso único ou descartáveis.

         O resultado da ACV também é bastante útil para os supermercados, padarias e outros usuários comerciais de produtos plásticos na tomada de decisões e, inclusive para o consumidor. Pois não basta proibir o uso de sacolinhas plásticas é necessário uma conscientização para que todos os sacos plásticos (embalagens, sacolas e sacos) sejam oxibiodegradável e uma mudança comportamental das pessoas. O uso de sacolas permanentes , o descarte correto  e a reutilização das sacolas/sacos é essencial para a preservação ambiental.

         A Symphony Environmental Technologies PLC é especialista em tecnologias avançadas para plásticos, incluindo os plásticos com ciclo de vida útil controlado, os plásticos anti micróbios e sistemas de qualidade e de combate a falsificação.

        Para obter um vídeo de filme plástico d2w, veja em degradable.  Mais informações em BIODEG.

         Quem estiver interessado em receber esta ACV, em português, tradução livre, é só solicitar para a RES Brasil.

 

Newsletter
Digite seu e-mail: