Brasil, 
24 de julho de 2024
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Dia da Biodiversidade

Hoje está sendo comemorado o Dia Internacional da Diversidade Biológica. 22/maio/2012.

          O Ano de 2012 é essencial para a vida marinha, segundo a ONU. Com mais da metade das pescas mundiais esgotadas e um terço dos ecossistemas marítimos mais importantes destruídos, hoje está sendo comemorado o Dia Internacional da Diversidade Biológica com foco maior nos oceanos.

 

          A estimativa é de que entre 30 e 35% dos meio ambientes marítimos críticos estejam considerados destruídos de vido a forte pressão que estão submetidos. O excesso de pesca, a perda de habitat, a contaminação, o aumento da temperatura e a invasão de espécies não nativas e, a poluição em geral estão afetando os mares do planeta, que contêm entre 500 mil e 1 milhão de espécies mais que qualquer outro ecossistema da Terra.

 

         Jessee Ausubel, diretor de programas da Fundação Alfred Sloan (EUA) e um dos dois criadores do Censo da Vida Marinha, disse que a saúde dos oceanos será crítica na próxima geração. “A gestão do meio ambiente marinho segue 100 anos atrás do terrestre. Se não reduzimos rapidamente a destruição dos oceanos, assim como os hábitos e costumes causadores, a situação será trágica em uma geração”, disse.

 

         O atual modelo de consumo e produção da humanidade não avalia a biodiversidade e a consequência é que a coloca em risco.O que deixa mais preocupante com o crescente aumento da população mundial e a mudança climática.

 

         A boa notícia para o Dia da Biodiversidade é que o Censo de Vida Marinha e o Grupo de Pesquisa Sul-Americana em Ecossitemas Costeiros, a ONU e demais órgãos e instituições de pesquisa e conservação estão percebendo a importância de uma integragão científica e criando o chamado Convênio sobre a Biodiversidade Biológica, estabelecendo redes de áreas protegidas para assegurar a preservação das espécies marinhas. O reconhecimento da necessidade de se controlar e diminuir a poluição marinha e a pesca insustentável, além da preservação de habitats como os recifes de coral são de extrema importância para os governos atuarem na preservação da Biodiversidade Marinha e criarem um plano de desenvolvimento.

 

Foto: Biólogo Vinícius Fonseca

 

Newsletter
Digite seu e-mail: