Brasil, 
22 de abril de 2024
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Tubarão ou Cação?

Você sabe qual é a diferença? Janeiro/2006

 

 

          As duas denominações podem ser utilizadas para qualquer espécie. Porém, usualmente chamamos de tubarão as espécies de grande porte, pouco comuns em nosso litoral, e de cação aquelas de pequeno porte, cuja ocorrência em nossa costa é mais comum. A sabedoria popular tem uma outra definição a esse respeito, de uma forma bem original: "Se a gente come ele, é cação, se ele come a gente é tubarão".
          Isso nos dá uma boa noção do medo, ou mesmo pânico, que seu nome provoca quando mencionado em determinadas situações. Sua fama e má reputação os tornaram os seres marinhos mais respeitados e temidos em todo o mundo. No entanto, sua real periculosidade, em especial no litoral brasileiro, não é tão grande e certa como muitos acreditam. Apesar dos freqüentes ataques que vem ocorrendo nos últimos anos em nosso litoral, particularmente no norte e nordeste, os tubarões não são "feras assassinas" como se imagina. Em todo o mundo são conhecidas cerca de 380 espécies (oitenta no Brasil), cujos tamanhos podem variar de 15 cm a 18 m de comprimento. Entretanto, apenas algo em torno de trinta espécies já provocaram, comprovadamente, acidentes com o homem. Destas, os registros demonstram que somente doze, no litoral brasileiro, são perigosas e realmente podem atacar banhista, surfistas, pescadores e mergulhadores.
          Das 80 espécies de tubarões existente no Brasil, 40 % já estão ameaçadas de extinção!

Faça a sua parte! Divulguem estes dados e ajudem a preservar os Tubarões!

Newsletter
Digite seu e-mail: