Brasil, 
24 de maio de 2022
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Orca

O mais temido mamífero marinho.

          A fama de baleia assassina talvez se deva ao fato de a orca conseguir matar o grande tubarão branco, além de oferecer ameaça à grande baleia azul. Medindo até 9m, as orcas são os maiores membros da família dos golfinhos e estão entre os maiores predadores, mas a sua verdadeira arma é que elas caçam em grupo e se unem para subjugar grandes presas.

          São conhecidas algumas formas distintas da espécie - residentes, migratórias e de mar aberto - que diferem significativamente na aparência, no comportamento, no tamanho do grupo e nos hábitos alimentares. As migratórias tendem a se especializar em grandes presas, mas, surpreendentemente, viajam em grupos menores em relação às que se alimentam de peixes: normalemente menos de seis ou sete (o grupo das que se alimentam de peixes costuma ter entre 15 e 30 orcas). As migratórias costumam empregar técnicas diferentes e engenhosas de acordo com as diferentes presas. Na Antártica, por exemplo, elas batem nas placas de gelo para fazer com que as focas e os pinguins caiam na boca de suas companheiras de grupo; na Patagônia, elas chegam a capturar leões-marinhos próximos à praia.

          Quando baleeiros bascos se depararam com algumas orcas se alimentando da carcaça de uma baleia morta, eles as chamaram "baleias assassinas", e desde então essa denominação vem sendo amplamente utilizada. Muitos preferem usar o nome orca, por ser biológicamente e politicamente mais correto, embora orcus em latim signifique "espírito da morte".

 

Ficha Técnica:

Nome comum: Orca
Nome Científico: Orcinus orca
Família: Delphinidae

Distribuição geográfica: Encontram-se em todos os oceanos e na maior parte dos mares, incluindo (o que é raro, para os cetáceos) o mar Mediterrâneo e o mar da Arábia. As águas mais frias das regiões temperadas e das regiões polares são, contudo, preferidas. Ainda que se encontrem por vezes em águas profundas, as áreas costeiras são geralmente preferidas aos ambientes pelágicos (zona pelágica é a região oceânica, em alto mar, fora da plataforma continental, que se estende desde a superfície até 200 metros de profundidade.).
Comprimento e Peso: Os machos podem medir até 9,5 metros de comprimento e pesar até 8 toneladas; as fêmeas são menores, chegando aos 8,5 metros e 5 toneladas, respectivamente.
Alimentação: Uma orca média come 250 kg de comida por dia. São caçadores eficientes que comem uma dieta muito diversa de peixe, lula, tubarões, mamíferos marinhos (inclusive baleias), tartarugas, polvos, e pássaros (pingüins e gaivotas). Eles são conhecidos para atacar baleias azuis jovens e até mesmo outras baleias grandes..
Vocalização: Tal como os outros golfinhos, as orcas são animais com um comportamento vocal complexo. Produzem uma grande variedade de estalidos e assobios usados em comunicação e ecolocalização. Os tipos de vocalização variam com o tipo de actividade.

Reprodução:
Acasalamento: O acasalamento das orcas efetua-se com um processo demorado de corte, após o qual a cópula ocorre com um dos animais posicionando o seu corpo por sobre o corpo do(a) companheiro(a). As fêmeas dão à luz apenas a um filhote.
Recém nascidos: As crias nascem com cerca de 180 Kg e medem cerca de 2,4 metros de comprimentoTempo de gestação: 11 a 12 meses podendo chegar a 15 meses.
Período de amamentação: O período de amamentação dura pelo menos 12 meses. A mãe orca é muito carinhosa e atenciosa com o seu filhote e nunca se afasta de sua cria pelo menos nos 2 primeiros anos de vida.
Período entre gestações: é muito variável e pode ser de 3 ou 3.5 anos ou até 8.3 anos
Maturidade sexual: é atingida aos 15 ou 16 anos nos adultos e 8 a 10 anos nas fêmeas.


Curiosidades:
Mergulho: Orcas pode mergulhar a uma profundidade de 100 pés (30 m) para caçar.
Tempo de vida: Machos têm uma probabilidade de vida de 50-60 anos. Fêmeas têm uma probabilidade de vida de 90 anos.
Velocidade de nado: 10 a 13 km por hora mas, quando persegue a vítima pode chegar a 55 km/h e da saltos de até 12 metros de distância, mais de um metro acima da água.
Características físicas: Estes animais caracterizam-se por terem o dorso negro e a zona ventral branca. Têm ainda manchas brancas na parte lateral posterior do corpo, bem como acima e detrás dos olhos. Com um corpo pesado e entroncado, têm a maior barbatana dorsal do reino animal, que pode medir até 1,8 metros de altura (maior e mais erecta nos machos que nas fêmeas). 
Interação social: As orcas têm um sistema social de agrupamento bastante complexo. A unidade básica é a linha matriarcal que consiste numa única fêmea, mais velha, e os seus descendentes. Os filhos e filhas da matriarca fazem parte desta linha, tal como os filhos e filhas destas últimas filhas - contudo, os filhos e filhas de qualquer um dos filhos passarão a viver com a linha matriarcal das suas companheiras de acasalamento - e assim sucessivamente, ao longo da árvore genealógica destes animais. Como as fêmeas podem viver até cerca de noventa anos, não é raro encontrar quatro ou mesmo cinco gerações de orcas vivendo na mesma linha.


 

 

Foto inicial: Tammy Wolfe / iStockPhoto

Newsletter
Digite seu e-mail: