Brasil, 
24 de julho de 2024
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Mamífero Venenoso.

Redescoberto espécie dada como extinta. 11/01/2009.

          A natureza faz das suas: um mamífero raro, venenoso, quase desconhecido e ameaçado de extinção foi "redescoberto". Vive no Caribe e leva o esquisito nome de Solenodon paradoxus. Quase não havia imagens do desconhecido quando uma equipe de cientistas do Zoológico de Londres conseguiu filmá-lo. O animal costuma injetar veneno em suas vítimas ao mordê-las.

          Solenodontidae é uma família de mamíferos insetívoros nativos das ilhas de Cuba e Haiti. Contém um único gênero Solenodon. São conhecidos vernacularmente de solenodonte ou almiqui. Existem duas espécies bastante semelhantes: o solenodonte-de-cuba (Solenodon cubanus) e o solenodonte-do-haiti (Solenodon paradoxus), que habita a ilha de Hispaniola pertencente ao Haiti e República Dominicana. As outras duas espécies estão extintas.

          Seu corpo tem um comprimento de 28 a 32 cm e a sua cauda mede de 17 a 27 cm. De hábitos noturnos, anda em zigzag e alimenta-se de insetos, sua saliva é venenosa: o segundo incisivo de cada lado de sua mandíbula inferior tem uma ranhura ligada diretamente a uma glândula de veneno, de onde provém seu nome latino Solenodon, "dente sulcado". O seu veneno é muito ativo: quando dois destes animais se encontram e brigam, ocorre que um dos dois morre envenenado por causa das mordidas do rival.

          As imagens do solenodon foram feitas em meados de 2008, durante uma expedição à República Dominicana. "Trata-se de uma criatura impressionante", disse o pesquisador Sam Tuvey, do zoológico, em nota. "É um dos mamíferos evolucionariamente mais diferentes do mundo. Com a outra espécie de solenodon, o Solenodon cubanus, encontrado em Cuba, trata-se do único mamífero vivo que injeta veneno na presa por meio de dentes especializados". A importância da espécie animal se expressa no fato de que essa característica só aparece em outros mamíferos no registro fóssil. Amostras de DNA forma retiradas do animal antes que fosse devolvido ao seu habitat. Recentemente, cientistas descobriram uma população de solenodons vivendo no Haiti onde, acreditava-se, a espécie já estava extinta. Essa característica, explica ele, só aparece em outros mamíferos no registro fóssil que datam de há 30 milhões de anos.

          Sua espécie está ameaçada devido ao desflorestamento, caça e pela presença de espécies exóticas em seu hábitat.

Newsletter
Digite seu e-mail: