Brasil, 
24 de maio de 2022
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

Ecobanner 1
A A
Anhangá.

Lenda do Sudeste do Brasil.

          Anhangá?! O que vem a ser essa coisa ou ser?

          Os índios dizem que é um Deus protetor dos animais, e que tem a forma de um veado branco, com chifres cobertos por pêlos e olhos de fogo!...

          Anhangá não admite que homem algum, principalmente caçador, atire contra seja que bicho for. E em se tratando de f~emea que esteja amamentando um filhote novinho...nem queira saber o que Anhangá faz!

          Uma vez, um caçador ousado e convencido entrou pela floresta em busca de uma bela peça de caça. Nisto, viu uma veada que amamentava seu filhote. Quando o pequeno veado acabou de mamar e saltitava alegremente, o caçador apontou sua espingarda bem na direção da mãe e atirou um tiro certeiro que fez a veada cair sem vida imediatamente.

          O caçador ficou muito orgulhoso de sua habilidade e aproximou-se da veada morta. Mas...o que era aquilo? O que seus olhos estavam vendo? Não era possível! Só podia ser uma tremenda ilusão! Caída ali, sem vida, estava não a veada, mas a própria mãe do caçador. Este, completamente confuso, olhou ao seu redor e viu, bem atrás de si, um veado branco, ameaçador, chispando fogo. Era o Anhangá que vingava a ousadia e a maldade do homem insensível, capaz de matar uma mãe e deixar seu filhote desamparado.

          Ainda assim, o caçador não queria acreditar no que seus olhos viam. Correu para casa, entrou num pulo, percorreu todas as dependências... Cadê sua mãe? Ela não estava por ali, nem em lado nenhum. Então o caçador compreendeu a falta que uma mãe faz, mesmo aos animais. Sentiu um arrependimento profundo e, de tanto pensar no mal que havia feito, acabou enlouquecendo e nunca mais caçou.

          Quem aproveitou bem esta lição foram os outros caçadores. Com medo de que acontecesse o mesmo com eles, passaram a proteger todas as fêmeas - de mamíferos, de aves, etc - que cuidam de seus filhotes, assim o Anhangá não vai lhes pregar alguma...

Fonte: Lendas do Brasil - Elsa P. Magalhães

Newsletter
Digite seu e-mail: